Mulher que casou com boneca “dá à luz” boneca em Minas

Lélis Félix – Estado de Minas

postado em 23/05/2022 19:07

    (crédito: Arquivo Pessoal)


(crédito: Arquivo Pessoal)

Em dezembro de 2021, o Estado de Minas apresentou o caso de uma mineira, do Rio Paranaíba, que se casou com uma boneca de pano. A cerimónia, transmitida nas redes sociais, reuniu cerca de 300 convidados e repercutiu na comunicação social nacional. Após o casamento, passou a noite de núpcias em um motel e uma viagem ao Rio de Janeiro. Praticamente todos os custos foram arcados por patrocinadores e amigos de Meirivone Rocha, de 37 anos, conhecida como Santinha.

Após a repercussão do casamento, outra surpresa veio: Santinha anunciou a gravidez. Em entrevista à reportagem, ela revelou que engravidou antes de se casar. Durante 40 semanas ele andou pelas ruas do Rio Paranaíba com uma barriga falsa. No último sábado (21/5), aconteceu o impensável: Meirivone Rocha deu à luz o bonequinho “Marcelinho”, filho de seu marido de tecido, “Marcelo”.

A entrega ocorreu normalmente e foi transmitida ao vivo pelas redes sociais. Os amigos se juntaram e montaram uma sala de parto na casa da Santinha. As “enfermeiras” faziam todos os procedimentos, como medir a pressão, enquanto Santinha sentia a dor das contrações e se emocionava ao ouvir o choro do recém-nascido.


A entrega ocorreu normalmente e foi transmitida ao vivo pelas redes sociais. Os amigos se juntaram e montaram uma sala de parto na casa da Santinha. As “enfermeiras” faziam todos os procedimentos, como medir a pressão, enquanto Santinha sentia a dor das contrações e se emocionava ao ouvir o choro do recém-nascido.

Assista ao vídeo do nascimento da boneca de tecido:

See also  Oli dobra no comércio ao vivo e quer faturar R$ 25 milhões


Chá Revelação


Santinha ainda promoveu um chá revelação e doou brindes para "mães reais"

Santinha até promoveu chá revelação e doou presentes para ‘mães de verdade’
(foto: Arquivo Pessoal)

Antes de “Marcelinho” nascer, Santinha promoveu um chá revelação e recebeu diversos brindes: enxoval, fraldas, mamadeiras, etc. Em solidariedade, ela decidiu dar tudo para “mães de verdade”.

“A única coisa que guardei para mim foram os cobertores para embrulhar o ‘Marcelinho’.”

O quarto da bebê foi criado com a ajuda da filha de 19 anos. A jovem comprou um berço pela internet e o pintou de azul. “Ela pensou em tudo com muito carinho.”

É um teatro!

Santinha sempre deixou claro que casamento e gravidez são dramas. Mãe de dois filhos, de 14 e 19 anos, trabalha como diarista para se sustentar. Embora seja licenciada em pedagogia, ainda não encontrou emprego como professora. “Até me chamaram para trabalhar na Guarda dos Ferreiros, mas é longe e a cidade não tem transporte. Não tenho carro, o que devo fazer? Acabei tendo que desistir do trabalho.

O principal objetivo de Meirivone é atrair a atenção da mídia nacional, principalmente de apresentadores de televisão, como Luciano Huck e Rodrigo Faro, para conquistar a casa dos seus sonhos. “Moro de aluguel, tentei financiar, mas não consegui. Não tenho comprovante de renda, mas continuo lutando pelo meu sonho”.

A mãe que fez a boneca

(Visited 19 times, 1 visits today)